Cronologia


Cronologia:

 26 Junho 1975

Manifestação da UDT em Dili de apoio à realização de uma Cimeira em Macau de representantes de Portugal com os partidos timorenses. Verificaram-se incidentes com apoiantes da FRETILIN.

 17 Julho 1975

Promulgação da Lei n° 7/75, que define o processo de descolonização de Timor.

  Agosto 1975

Graves incidentes com a Indonésia na fronteira do enclave de Oecusse.

 10 Agosto 1975

Toma posse a primeira Administração Regional eleita pelos timorenses (concelho de Lautém).

05734.001.004

 10-11 Agosto 1975

A UDT lança um golpe armado para se apoderar do poder.

 12 Agosto 1975

A população estrangeira de Dili começa a abandonar o território de Timor.

 14 Agosto 1975

0 tenente-coronel Magiolo Gouveia, comandante da PSP em Timor, é feito prisioneiro pela UDT, fazendo declaração pública de adesão a essa força política.

05734.001.005

 20 Agosto 1975

Contra-golpe da FRETILIN, que assume o controlo da situação na generalidade do território. Nascem as FALINTIL (Forças Armadas de Libertação Nacional de Timor Leste), braço armado da FRETILIN.

 26 Agosto 1975

A Administração Portuguesa sai de Dili para Ataúro.

 27 Agosto 1975

Militares portugueses que se dirigem de Bobonaro para Batugadé são feitos prisioneiros por elementos da UDT, armados pelos indonésios.
As forças da UDT abandonam Dili e deslocam-se para Likisá.

 28 Agosto 1975

O chefe da delegação portuguesa, Almeida Santos, chega a Jakarta, vindo de Nova Iorque.

  Setembro 1975

A FRETILIN controla todo o território. Alguns milhares de timorenses procuram refúgio no lado ocidental da ilha.

 11 Setembro 1975

Almeida Santos volta a deslocar-se a Jakarta.


[Início] [Anterior] Página 3 de 19 [Seguinte] [Última]

| Arquivo & Museu da Resistência Timorense | Cronologia | Documentos da Resistência Timorense | Combatentes da Libertação Nacional | Fundação Mário Soares | Multimédia | Textos | Apoios | Notí­cias de Timor-Leste | Links | Ficha Técnica | Contactos | Mapa do Site | 

Valid CSS! Valid HTML 4.01 Transitional