Arquivo & Museu da Resistência Timorense


Definição da localização das novas instalações

Em Fevereiro de 2005, a solicitação do Presidente Xanana Gusmão, avançou-se para o projecto de criação de um museu em Dili que pudesse salvaguardar condignamente a memória da heróica luta do Povo de Timor-Leste.

Infelizmente, as instalações cedidas em Taibese não apresentavam condições de salubridade para o adequado arquivo da documentação e, mais tarde, equacionado o espaço para eventuais remodelações e estabelecimento permanente das instalações do Arquivo & Museu da Resistência, constatou-se não estarem reunidas as condições necessárias em termos de área e cedência de possíveis espaços anexos, adequados ao quadro funcional necessário para a concretização do projecto.

O edifício do Museu

Iniciou-se assim um processo de localização e avaliação de diversos edifícios que pudessem vir a ser disponibilizados para albergar as futuras instalações permanentes do Arquivo & Museu da Resistência Timorense.
Com o apoio técnico da Arq. Tania Bettencourt Correia e do Dr. Pedro Bacelar Vasconcelos, procedeu-se à avaliação de diversos edifícios, entre os quais o edifício do Antigo Tribunal colonial de Díli, que até à data não tinha sido objecto de nenhuma intervenção, nem de nenhum projecto definitivo em relação à sua futura reabilitação.
Após recomendação do mesmo edifício a S. Ex.a o Presidente da República, sua aceitação e negociação com o Governo, foi então cedido, por despacho do Primeiro-Ministro e do Ministro da Justiça, para as futuras instalações do Arquivo & Museu da Resistência Timorense.
Este edifício, destruído durante os acontecimentos de 1999, já tinha sido, aliás, utilizado para a exposição organizada em 2002.

O edifício do Museu

Iniciou-se seguidamente um processo de elaboração do projecto da sua reabilitação em fases, optando-se por, numa primeira etapa, reabilitar apenas uma parte da sua área total, de forma a garantir a visibilidade e marcar o início de todo um projecto alargado, que viesse, num futuro próximo, a reunir todas as condições técnicas e de segurança para a transferência e continuação do trabalho de recolha, tratamento, catalogação e disponibilização ao publico dos documentos da resistência, em Timor-Leste.



[Início] [Anterior] Página 3 de 3  

| Arquivo & Museu da Resistência Timorense | Cronologia | Documentos da Resistência Timorense | Combatentes da Libertação Nacional | Fundação Mário Soares | Multimédia | Textos | Apoios | Notí­cias de Timor-Leste | Links | Ficha Técnica | Contactos | Mapa do Site | 

Valid CSS! Valid HTML 4.01 Transitional